terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Calma.

Depois de uma noite maravilhosa, três dias sem notícias. Sei que ele está por perto, mas, ao me aproximar tão cedo parecendo o sufocar me deixa cauteloso e recluso. Tudo ao seu tempo?
Como esquecer aquela noite? É impossível. Você sabe que o que viveu ali, fora intenso e único, o desejo de uma reprise é imenso, mas, como pedir bis sem parecer cobrança, sem parecer “já está no meu pé”.
O medo de sufocar existe em mim, mas, o querer estar ao seu lado agora, é maior e parece querer sair de mim e i em busca dele.


Não posso discutir o nosso futuro ainda, pois nem temos o presente.

3 comentários:

Bruna Kim disse...

É muito complicado.Também sou assim,sempre tenho medo de sufocar.
p.s.: Só espere a oportunidade e peça bis. XD
Tenho certeza que ninguém seria louco de negar mais um momento com você :D

ele disse...

eu espreito porque me faço distante, mas quando perto é certo que me apossarei de meu amado, porque se eu não me esforçar, se eu não mostrar pra ele tudo que eu tenho pra ofeecer, se apenas com sutilezas eu esperar que meu bravo homem me perceba eu estarei perdido, abandonado, condenado ao frio aperto de mão e a dor da amizade.

charbak disse...

você descreveu o dia de ontem, estou na mesma situação. acredito que vamos caminhar juntos agora. dê-me sua mão.