sábado, 18 de outubro de 2008

Labiata

Um artista que se mostra interessante!

Lenine me cativou, nunca fui de ouvir nada dele, mas ontem assistindo sua entrevista no programa do Jô, senti necessidade das coisas dele. Mas, o que primeiramente me chamou a atenção fora à persona que Lenine se mostrou, um ser que está ligado em novas tendências, que cultiva uma vida simples em uma casa de campo rodeado da família, que tem gostos nobres, como, ter um orquidário com mais de duas mil e quinhentas espécies e a delicadeza dele com a vida.
Viramos fã de um artista não só pelo trabalho que ele faz, e sim também, pela pessoa que ele é fora do trabalho, por isso que estes tem que cuidar sim de sua imagem, pois logo, o artista vira referência para o seu fã.
O novo trabalho do Lenine é muito lindo, junto com o tradicional e já velho cd, o trabalho traz junto um disco de vinil, e um pen drive de um giga que tem os bastidores da gravação.
Ele disse ao Jô que o cd é o passado, que o pen drive é o presente e o disco de vinil, o futuro, concordo com ele, como Thom Yorke, ele está à frente das coisas.
Ouvindo o disco, digo que gostei muito, do jeito diferente que ele dá no violão, com batidinhas de mão na madeira deste, sons inovadores em algumas faixas, como: raspar as unhas na calça jeans, que dá um som maravilhoso, mas a introdução da guitarra em algumas faixas me deixou um pouco “estranhado”.
Para conferir o novo trabalho que tem o nome de Labiata, você baixa aqui, e para ver o site do Lenine, você confere aqui.
É sempre bom conhecer sons novos, e fazia tempo que um artista tupiniquim não me encantava como Lenine.

3 comentários:

Fernz disse...

Adorei a dica! Já baixei e estou até indicando...

Gostei do blog =)

andré é é disse...

bah sei lá, hoje estou meio chato pra comentar, vou guardar pra mim essas coisas bestas e quem saber fazer apenas algo bonitinho porque seu blog é tão legal e divertido e é agora uma das poucas coisas que tenho pra fazer na internet, já que abandonei o orkut, mas mesmo sendo uma das poucas coisas elenão é diminuto em sua importancia, pelo contrário é adoravel e tão maravilhoso (:
ah caro amigo nem tenho muito pra falar hoje, acho que estou um tanto sentimental e senti repentinamente a vontade de dizer apenas uma coisinha, te amo.

:*
brigado pelos bons momentos virtualmente reais.

b disse...

Ah,adoro Lenine,é um dos raros artistas que eu fico encantada ao ver cantar...Todo aquele jeito simples,inteligente que deixa a musica de um modo maravilhoso.
Quando escuto as musicas dele vejo que a cultura brasileira ainda tem futuro.