domingo, 28 de setembro de 2008

Adeus trema.

Nesta segunda - feira o nosso digníssimo presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina o decreto com o cronograma de implantação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa no país. Entre as mudanças estão o fim do trema, novas regras para o emprego do hífen, inclusão das letras w, k e y no idioma, além de novas regras de acentuação. fonte: globo.com

Sou contra essas novas mudanças em nossa língua, querem com isso facilitar o aprendizado com a gramática do português, como sempre o nosso governo erra em querer mudar para melhor alguma coisa nesse país, não é mudando regras ortográficas que irá fazer com que o educado aprenda mais rápido e fácil dentro da sala de aula. Não é nenhum bicho de sete cabeça melhorar a educação nesse país, qualquer um sabe disso.
Mas eu acho que o Lula e mais comitiva não sabe. Então vamos lá Lula.

1ª- investir no ensino fundamental, como: diminuir o grande número de alunos dentro de uma sala, aumentar o cargo horário das aulas, preparar mais os professores, melhorar o salário destes, incentivá-los a se atualizar na área da educação para melhor formar educadores.

2ª- melhorar o ambiente em que o aluno vive como: ruas asfaltadas onde não há, saneamento básico onde também não há, melhoramento no transporte (há lugares que nem isso se tem.), novas instalações esportivas onde o aluno possa aprender algum esporte, isso ajudará num possível interesse da criança.

3ª- cultura: o brasileiro lê em média um a dois livros por ano, quando lê, e isso se deve pelo fato da cultura que este recebeu ao longo de sua vida, entenda-se que cultura é aquilo que nos passam: de pai para filho, de amigo para amigo, de escola pra alunos, de filme para expectador, de música para ouvinte, de livro para leitor, de nação para povo.

Então concluímos que as lideranças de nosso país não sabem comandá-lo.

p.s.: sei que o Lula nada tem com isso, e que nessa história ele só serve para assinar papéis, mas eu quero culpá-lo, ele é o nosso representante então que seja dele a culpa, não se enganem pensando que isso serve para unificar os paises de língua portuguesa, querem mesmo é matar com ela.

9 comentários:

henrique disse...

De todos os acentos que irão sumir, o que eu mais lamento é nosso ilustríssimo trema, o mais digno de todos. Mas, agora podemos ficar mais tranqüilos (ou seria, tranquilos?) pois teremos menos com que nos procupar. cof cof.

Charles Angs disse...

sou analfabeto mesmo...

joe disse...

acho que mudar para melhor é redundancia. todos querem mudar para melhor..

Bruna Kim disse...

Arrasou.
Concordo plenamente.

dré vechi disse...

fabi querido, infelizmente eu discordo de parte do que foi dito, não que eu seja um partidário de lula, não mesmo, mas penso que você foi um tanto radical ao expressar-se.
não sou muito a favor das mudanças ortográficas, mas entendo que a língua portuguesa está em constante mudança, e as vezes temos que abrir mão de algo, acho que falta estarmos abertos para o novo.
concordo que o ensino no país é uma merda que falta incentivo a cultura, que falta melhores condições pro aluno e pro professor, mas por exemplo a quantidade de alunos na sala não interfere no aprendizado, isso é fato, e falo até por experiência própria.
não vou falar mais porque to cansado, tenho que dormir, pois amanhã desfrutarei um pouco mais do maravilhoso ensino brasileiro.

:*

luna disse...

é ..
=/

Francisco Filho disse...

Então, eu acho que o Lula nem entende o que ele tá fazendo. Eu acredito que ele tá assinando porque quando ele estudava ele achava o trema uma merda. Eu acho que ele não assina porque ele queira facilitar o aprendizado, como tu diz. É só uma questão de ignorância mesmo. E a história da inclusão do K, do Y e do W são absurdas. Porque temos letras no nosso alfabeto que representam todos os fonemas necessários na nossa língua. É uma mudança absurdamente desnecessária. Sem contar que o trema funciona como um acento agudo, por exemplo. É um acento gráfico, indica tonicidade. Porra, é FUNDAMENTAL. O bicho é muitííííssimo ignorante. Mais ignorante é toda a equipe política ter assinado isso.

Não sou a favor da gramática, mas da comunicação. E nenhuma dessas mudanças tem respaldo de uma coisa ou outra.

Ai, muita coisa pra se contestar! Isso dá muito pano pra manga. Essa foi a minha prmeira indignação na íntegra! kkk

demm charbak disse...

Lendo o seu texto, lembrei de outro de Clarissa Passos, é o que penso também.

http://garotasquedizemni.ig.com.br/archives/002480.php#more

Eder Pereira disse...

"mas a língua e eu somos um casal de amantes que juntos procriam apaixonadamente, mas a quem até hoje foi negada a bênção eclesiástica e científica". Guimarães Rosa