domingo, 18 de janeiro de 2009

Encontros.

A cultura se encontra em todos os lugares do mundo.

Uma conversa entre dois amigos apaixonados por viver.

A: Estive no México, e fiquei encantado com o amor que esses sentem pelo fado português.
B: Penso em ir ao México também, mas como assim eles são amantes do fado?
A: Sim, são. Até aprendem o português para cantarem nas praças e em encontros de amigos.
B: Isso é novidade pra mim. Fale-me mais do México?
A: Outra coisa que me surpreendeu e me chamou a atenção foi o movimento emo que há nas grandes cidades mexicanas, nunca fui contra esse grupo que muitos repudiam, mas não dava muita lida, olhando de perto pra os de lá, vi que são lindos e frágeis. Nada daquilo que a gente vê pela Europa e você aí pelo Brasil.
B: É muito lindo como cada coisa é encarado e sentido de forma diferente em cada lugar, né?
A: Pois é, querido. É por isso que cada vez mais sou apaixonado pela minha profissão.
B: Você me empolga cada vez que dá essa declaração.
A: A arquitetura, você ia gostar muito, de prédios baixos com no máximo sete andares algumas cidades vista de cima parecem uma maquete feita por igual. Alguns locais receberam influência da Europa e outros lugares se parecem muito com certas periferias do Brasil.
B: Pare, você está fazendo com que eu viaje aqui mesmo sentado em minha cadeira.
A: Paro, por hora. Pois o que quero mesmo, é que você saia daí e vá ao encontro do mundo.

2 comentários:

Fernz disse...

Viajei aqui tb...

ele disse...

tá e se eu meio menti quando voc falou pra eu fazer um blog e eu falei que não era pra mim e tudo mais, e se eu tenho um blog mas não uso tanto porque nem sempre me pego escrevendo, ou ao menos disposto e se agora eu pra me redimir venho aqui pra dizer que tenho sim um blog e voc está mais que 'convidado' para visita-lo, e se pra completar eu apenas disser que eu o adoro.
e sendo tudo isso verdade retire ao menos os 'se'